RAIO DE LUZ, MÚSICA E ARTE

Crianças se reúnem durante oficinas

Em 1997, o Instituto Cultural Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais – BDMG Cultural – por iniciativa de sua então diretora Marília Salgado criou o programa “Raio de Luz”, voltado para o estimulo à formação musical e artística de crianças e jovens carentes. O objetivo maior a ser atingido com o projeto seria  despertar o horizonte cultural desses garotos, pela apreciação do belo, iniciando-as nas artes em geral e levando-as a desenvolver plenamente sua humanidade.

As instituições então escolhidas se reuniram em torno da Creche Jardim Felicidade – hoje, “Obras Educativas” – administrada por sua fundadora, Rosa Brambilla, que mantinha 504 crianças, na faixa etária de 3 meses a 18 anos. O programa oferecia cinco modalidades artísticas: violão, artesanato em madeira, canto coral, ciranda e teatro. Para implementar a iniciativa, o BDMG Cultural desembolsou, no primeiro ano, recursos para a contratação de educadores, compra de material para as aulas e aquisição de instrumentos musicais. O sonho começava a se tornar realidade...

Rosa Brambilla - diretora e fundadora do Obras Educativas

Produtos produzidos pelos alunos durante oficinas de artesanato

Aos poucos, aquelas ações iniciais foram adequadas com o intuito de atender melhor à comunidade. Atualmente, o “Raio de Luz” atende, em média, 300 crianças e adolescentes de 3 a 15 anos, com oito cursos: violão, canto coral, artesanato em madeira, iniciação musical, ciranda, pintura, flauta e capoeira. Esse programa se mantém ininterrupto, até hoje, com a parceria do BDMG Cultural.

Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais, a região norte da capital, onde é oferecido o ensino cultural e artístico, das “Obras Educativas” se caracteriza como uma área de grandes carências sociais o que confirma a necessidade e o valor dos cursos.

Em todos esses anos, as crianças participantes do programa “Raio de Luz” cresceram em vários aspectos importantes do seu amadurecimento, despertaram para a apreciação artística e tornaram-se mais confiantes e capazes de enfrentar os desafios da vida. Aliado a isso, foi sentida também a influência dos filhos em relação aos pais e a ampliação da convivência familiar.

Esse programa apresenta saldo positivo para o BDMG Cultural e seus resultados são visíveis, segundo avaliação de sua criadora, Marília Salgado. 

Elisabete Assunção from BDMG50anos on Vimeo.

Ana Beatriz Assunção Amorim from BDMG50anos on Vimeo.

07/05/2014 18:21
Imagem, Link, Texto, Vídeo

COMENTÁRIOS (0)


Esta postagem ainda não possui comentários.
Conteúdo enviado por:
Postado em:
07/05/2014

MIDIATECA (31)

MINHA REDE (0)

Rede de ainda não possui usuários em sua rede.

Atenção:

*
Informe uma ou mais mídias que seu comentário contém
*
Para o upload de vídeos sugerimos que seus arquivos sejam carregados em canais como youtube ou vimeo e que você cole os códigos embed no campo abaixo. O upload diretamente em nossa ferramenta é permitido para arquivos nos formatos .flv e .mp4, com tamanho até 60 mb, por meio do ícone .  Para inserir fotos utilize o ícone   e para áudios .


  Tags separadas por vírgula.

Ex: história, acervo, economia

 
Clique no icone para anexar documentos como pdfs e planilhas.