O fio da memória

O resgate dos acontecimentos históricos envolvendo os 50 anos do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais teve como ponto de partida a criação da REDE DE HISTÓRIAS – este site de conteúdo colaborativo para funcionários, ex-funcionários, parceiros e clientes do Banco, além de cidadãos em geral. Considerando-se o modo como o tempo é hoje vivenciado, a internet torna-se plataforma de encontro, capaz de romper obstáculos territoriais e incentivar a troca entre pessoas que estabelecem ou já vivenciaram conexões com o BDMG.

Antes de ativar este espaço interativo, no entanto, foi preciso recuperar registros de grandes momentos vivenciados e proporcionados pelo BDMG, incluindo projetos relevantes para as diferentes regiões de Minas Gerais, o Estado como um todo e o País. Nessa etapa, um levantamento de dados nos arquivos do BDMG organizou as informações, qualificando-as em função dos processos de significação dos dias atuais. Fotos, vídeos e documentos foram compartilhados, conformando esta vasta REDE DE HISTÓRIAS.

O memorial foi também enriquecido com a coleta de depoimentos de diferentes pessoas, por meio de uma cabine instalada no BDMG. Os relatos revelaram vivacidade, relacionamentos que ultrapassam as rotinas de trabalho e, acima de tudo, uma instituição preocupada em proporcionar um ambiente profissional criativo e cheio de energia, prezando o bem-estar e a amizade entre funcionários e parceiros.

Durante esse período, pessoas de destaque na trajetória do BDMG concederam entrevistas sobre variados temas e segmentos, nos quais o Banco atuou em suas cinco décadas de trabalho.

A REDE DE HISTÓRIAS foi implantada em abril de 2012 e, desde então, é monitorada em tempo real, disponibilizando os diversos materiais enviados pelos participantes e pela equipe responsável por gerenciar o hot site. A teia de relacionamentos deixou clara a importância de uma instituição que carrega, em sua essência, o espírito mineiro de trabalhar sem muito alarde, mas procurando estar sempre presente no lugar certo, na hora certa; um lugar de identificação para muita gente. É assim que se faz história; e foi assim que o BDMG conquistou o seu lugar no desenvolvimento de Minas Gerais. 

O conteúdo reunido encontra-se, agora, formalizado na exposição BDMG MEMÓRIA VIVA, em instalações audiovisuais que espacializam e expandem essa história.

 

O espaço expositivo BDMG MEMÓRIA VIVA marca os 50 anos da instituição e surgiu a partir da consciência de que memória e passado são forças vivas vindas do tempo presente. O passado, que nos remete ao presente, que por sua vez, nos projeta para o futuro; tempos e histórias alinhavadas pelo mesmo fio, bordadas no mesmo tecido.

O entrelaçar do fio dessa memória tem o tempo presente como ponto de partida para duas direções: de um lado, reescrever o passado à luz do momento que se vive e, de outro, antecipar o que logo virá; fecunda travessia de um tempo ao outro. Novelo de muitas histórias, contadas ou por contar.

A montagem – que será inaugurada no dia 27 de setembro, às 18h30, e estará aberta ao público a partir do dia 28 de setembro – revela a história do BDMG nas últimas cinco décadas, parte importante da história do próprio Estado e do País. São esses estudos, diagnósticos, projetos, programas, ações, investimentos que caracterizam o desenvolvimento de Minas Gerais.

São 50 anos de um tempo que parece que foi ontem, nos relatos de todos aqueles que ajudaram a conformar essa história de sucesso. Comoventes e contundentes testemunhos de inúmeras potencialidades e possibilidades mas, também, de dias nem tão promissores, quando foi preciso coragem e criatividade para enfrentar desafios, superar crises, inovar e seguir em frente. Essa é a marca do BDMG.

O espaço BDMG MEMÓRIA VIVA é constituído por um conjunto de elementos expositivos, que você irá conhecer ao longo desta semana, na REDE DE HISTÓRIAS: Tecido da Memória, Rede de Histórias, Testemunhos, Panorama do Futuro e Memória do Cotidiano.


> LINKS RELACIONADOS

- Memória e história, elos formados pelo encontro do presente com o passado

- Lembranças do passado e expectativas para o futuro

24/09/2012 09:27
Texto
BDMG Cultural, exposição, Rede de Histórias, memória, rede social, internet

COMENTÁRIOS (0)


Esta postagem ainda não possui comentários.
Conteúdo enviado por:
Postado em:
24/09/2012

MIDIATECA (319)

MINHA REDE (0)

BDMG ainda não possui usuários em sua rede.

Atenção:

*
Informe uma ou mais mídias que seu comentário contém
*
Para o upload de vídeos sugerimos que seus arquivos sejam carregados em canais como youtube ou vimeo e que você cole os códigos embed no campo abaixo. O upload diretamente em nossa ferramenta é permitido para arquivos nos formatos .flv e .mp4, com tamanho até 60 mb, por meio do ícone .  Para inserir fotos utilize o ícone   e para áudios .


  Tags separadas por vírgula.

Ex: história, acervo, economia

 
Clique no icone para anexar documentos como pdfs e planilhas.