BDMG continua apoiando grandes empresas

 

Indústria Têxtil: Em virtude das dificuldades que o setor enfrentava, em meados da década de 1960, o BDMG contratou empresa especializada para realizar pesquisa junto às unidades industriais existentes em Minas, procurando analisar as causas da crise e estudar as possibilidades de reequipamento das indústrias.

As constatações não foram alentadoras, motivo este que levou o Banco a desenvolver, ao longo dos anos 1970, o Programa de Têxtil, Vestuário e Artefatos de Tecido. O objetivo era reequipar e modernizar o setor, além de atrair projetos de empresas de outros Estados. Como resultado, novas tecelagens foram instaladas nas regiões Sul e Norte de Minas, e outras unidades foram reequipadas e modernizadas. Destacou-se o projeto da Coteminas, uma das grandes empresas do parque têxtil brasileiro. Também foram financiadas pelo Banco a Cedro e Cachoeira, a Sigra S.A., a Têxtil Leopoldina e a São José e Josefina Têxtil.

 

Assinatura de contrato entre a empresa Cedro e Cachoeira e o BDMG. 1985. Acervo BDMG

Wembley Roupas S.A.

Confecções Luz

__

O parceiro das grandes empresas ontem, hoje e sempre

O BDMG continua sendo parceiro das grandes empresas de Minas.  Acompanhando as tendências da economia, os investimentos em alguns setores tradicionais têm se ampliado, bem como as demandas de outros setores vêm surgindo. 

No agronegócio, as indústrias de açúcar e álcool voltaram a se estabelecer em Minas a partir do início da década passada com decisivo apoio do BDMG.   As indústrias de laticínios mineiras receberam apoio do Banco para sua contínua expansão e modernização.  Ainda dentro da cadeia de agronegócios, o BDMG  gerou impactos relevantes na economia mineira por meio  do apoio a importantes projetos de produção e processamento de alimentos – com destaque para a indústria de fabricação de chocolate, de sucos e de massas – propiciando  instalação de indústrias, bem como sua modernização e expansão. O BDMG tem ainda apoiado a expansão da área florestal mineira e também projetos que visem o processamento da madeira oriunda de florestas renováveis.

Houve crescimento sensível nos financiamentos destinados ao setor de mineração, carro chefe da economia mineira nos últimos anos. O BDMG participou ativamente financiando empreendimentos de bauxita, rochas ornamentais (ardósias), ouro, ferro e ferroligas. Importante citar a cadeia industrial do ferro que envolve a siderurgia e os fabricantes de equipamentos, ambos amplamente financiados pelo banco.

Outro setor em ascensão nos últimos anos foi o de minerais não metálicos – indústrias de cimento e cal, com grande participação do BDMG no apoio financeiro aos projetos de modernização e significativa expansão dos parques industriais, ampliando o aproveitamento da vocação do solo mineiro, que possui as melhores reservas de calcário do País.


LINKS RELACIONADOS

O BDMG direciona o desenvolvimento de Minas

A marca do pioneirismo presente em vários setores

Trabalho integrado impulsiona setor de mineração

Siderurgia: ações centradas na vocação do Estado

Depoimento de Paulo Afonso Romano

Entrevista com José Lana Raposo 1  2 e 3

Entrevista com Teodoro Alves Lamounier 1  e 2

Entrevista com Tadeu Barreto Guimarães

17/08/2012 08:35
Texto
década de 1960, década de 1970, têxtil, confecções, roupas, vestuário, cedro cachoeira

COMENTÁRIOS (0)


Esta postagem ainda não possui comentários.
Conteúdo enviado por:
Postado em:
17/08/2012

MIDIATECA (319)

MINHA REDE (0)

BDMG ainda não possui usuários em sua rede.

Atenção:

*
Informe uma ou mais mídias que seu comentário contém
*
Para o upload de vídeos sugerimos que seus arquivos sejam carregados em canais como youtube ou vimeo e que você cole os códigos embed no campo abaixo. O upload diretamente em nossa ferramenta é permitido para arquivos nos formatos .flv e .mp4, com tamanho até 60 mb, por meio do ícone .  Para inserir fotos utilize o ícone   e para áudios .


  Tags separadas por vírgula.

Ex: história, acervo, economia

 
Clique no icone para anexar documentos como pdfs e planilhas.