Investimentos em infraestrutura e serviços: ações inéditas e pioneiras

Fundado em 1962 para apoiar a indústria, logo o BDMG começou a atuar também em outros setores, como a agropecuária e a mineração. Já no começo da década de 1970, o BDMG destinou recursos para melhorar a infraestrutura do Estado, com ênfase na construção de rodovias e pontes e na implantação de distritos industriais. Também teve atuação destacada na melhoria da infraestrutura social e urbana de Belo Horizonte, contribuindo para a construção do Palácio das Artes, da Estação Rodoviária e da urbanização do bairro Mangabeiras.

Maquete da Rodoviária - 1971 - Fontes: Arquivo Público Mineiro e Acervo BDMG

 

Palácio das Artes - 1971 - Fonte: Imprensa Oficial

 

Urbanização do Bairro Mangabeiras - 1968 - Fonte: Museu Histórico Abílio Barreto

 

A decisão de ampliar e sistematizar a ação do BDMG nos segmentos de infraestrutura e serviços, além de inédita e pioneira no Sistema de Bancos de Desenvolvimento, destacou-se pela antevisão das novas necessidades impostas pelo crescimento das economias mineiras e nacional. O notável surto de industrialização verificado em Minas, a partir de meados da década de 1970, provocou acentuadas transformações na realidade econômica e social do Estado, extrapolando o horizonte produtivo. Assim, a Região Metropolitana de Belo Horizonte e os principais polos do interior emergem como centros de atividades econômicas e ganham importância como locais de produção, intermediação e prestação de um conjunto cada vez mais sofisticado de serviços.

Fonte: BDMG - 30 anos. Publicação realizada pelo BDMG em 1994.


LINKS RELACIONADOS:

Primeiras atuações do BDMG em infraestrutura pública

Pioneirismo do BDMG - um balanço da década de 1970 

Anos 80: uma década de mudanças

Apoio aos municípios e parcerias com o setor privado

- Entrevista com João Antônio Fleury Teixeira

- Entrevista com José Santana de Vasconcellos

- Entrevista com Tadeu Barreto Guimarães

- Entrevista com Fernando Lage de Melo

- Entrevista com Teodoro Alves Lamounier 1 e 2

- Entrevista com Paulo Eduardo Brant 1 e 2

- Entrevista com Marilena Chaves

- Entrevista com José Augusto Tropia Reis

- Entrevista com Paulo de Tarso Almeida Paiva

- Entrevista com José Lana Raposo

 

29/07/2012 18:19
Texto
década de 1960, década de 1970, infraestrutura, serviços, rodoviária, palácio das artes, urbanização, mangabeiras, região metropolitana, belo horizonte, municípios, acesso, rodovias

COMENTÁRIOS (0)


Esta postagem ainda não possui comentários.
Conteúdo enviado por:
Postado em:
12/07/2012

MIDIATECA (319)

MINHA REDE (0)

BDMG ainda não possui usuários em sua rede.

Atenção:

*
Informe uma ou mais mídias que seu comentário contém
*
Para o upload de vídeos sugerimos que seus arquivos sejam carregados em canais como youtube ou vimeo e que você cole os códigos embed no campo abaixo. O upload diretamente em nossa ferramenta é permitido para arquivos nos formatos .flv e .mp4, com tamanho até 60 mb, por meio do ícone .  Para inserir fotos utilize o ícone   e para áudios .


  Tags separadas por vírgula.

Ex: história, acervo, economia

 
Clique no icone para anexar documentos como pdfs e planilhas.